Boali reinventa setor de alimentação saudável e expande operação em todo Brasil

Boali, empresa pioneira em alimentação saudável no mercado de Food Service no Brasil, reinventa o setor com sua estratégia arrojada de expansão e modelo de negócios, driblando a crise econômica deste ano e aumentando a operação em diversas localidades no País.

A marca, que chegou ao Brasil em 2007 como “Salad Creations” e assumiu o nome Boali em 2017, revoluciona o mercado com a oferta de diferentes modelos de negócios, proporcionando maior adaptabilidade e sustentabilidade da operação mesmo diante de cenários desfavoráveis.

 “Empreender é muito mais do que ter uma ideia. É preciso visão, velocidade e coragem. Por isso, em 2019, quando assumi como CEO da Boali, optamos por vender nossas lojas próprias e focar em diferentes formatos de negócios, indo além do modelo tradicional de franquia – loja de Shopping e Rua, e expandir também através de  dark kitchens, quiosques, drive-thrus, e Hub urbano, fornecendo maiores oportunidades de negócio aos nossos franqueados e gerando maior qualidade e capilaridade aos nossos produtos”, explica Rodrigo Barros, CEO da Boali.

Expectativa é de 45 unidades de operação no País até o final de 2020

Com mais de 100 mil clientes atendidos ao mês e 70% de recorrência nos pontos de venda, a Boali trabalha com modelos de franquia com investimento inicial de R$120 mil e plano de investimento com retorno entre 2 e 3 anos. A expectativa é que 45 unidades estejam em funcionamento no Brasil até o final de 2020 e, para 2021, além de ter 80 operações implantadas, a meta é também ser reconhecida como rede com melhor remuneração no setor de Food Service.

Para ampliar sua capilaridade e oferecer novas opções aos clientes e parceiros, a Boali lançou, em 2019, o Hub Urbano, um modelo de canais para distribuição dos produtos Boali através de seus Pontos de venda além do modelo “dark kitchen” com o propósito de testar praças ainda inexploradas e expandir a rede para cidades do interior. Além disso, a Boali acrescentou mais duas marcas independentes voltadas ao mercado de alimentação saudável, a Sandureba e a Vegan Lovers, que operam apenas no modelo Delivery através dos seus 35 restaurantes.

Com a chegada da pandemia Covid-19, a operação, que caminhava a passos largos, tomou medidas rápidas para manter a sustentabilidade dos negócios.  “Estar preparado para diferentes cenários é fundamental para a sobrevivência de uma empresa. Pensando nos nossos parceiros, congelamos o pagamento de royalties pelos franqueados e organizamos um Plano de gestão de crise, que nos permitiu manter todo o nosso quadro de funcionários e não encerrar nenhuma loja. Pelo contrário, neste período abrimos novas operações”, explica o CEO da Boali. 

Além de um cardápio diferenciado, completamente voltado à alimentação saudável, a Boali segue com o propósito de ser uma opção para se comer bem com preço acessível, funcionalidade e sabor. “O nosso ticket médio é de R$30,00 e nosso objetivo não é aumentar esse valor, mas sim fidelizar os clientes para que eles comprem mais vezes os nossos produtos e mantenham uma boa alimentação mesmo na correria do dia a dia”, completa Barros.

Sobre a Boali

A Boali é a primeira e maior rede de alimentação saudável brasileira que se destaca no setor de gastronomia por incentivar a universalização do acesso e a transformação dos hábitos alimentares. Com um cardápio repleto de receitas exclusivas, a Boali combina inovação no modelo de negócio à tecnologia para entregar uma comida rápida, saudável, saborosa e com preço acessível oferecendo a melhor experiência aos clientes.

Nina Machado

Jornalista, especialista em marketing digital e gestão de pessoas trocou o mundo corporativo em busca de uma vida mais conectada com seu propósito. Em 2019 criou o projeto Ficar Bem aos 40 para abordar assuntos do universo feminino 35+. Além disso, é co-editora do Corra Mais e repórter do Inova Mais, ambas editorias do portal RIC Mais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Voltar ao topo